stephanie e fabio

“Nenhum homem é uma ilha isolada, sozinho em si mesmo; cada homem é parte do continente, parte do todo; se um seixo for levado pelo mar, o continente fica menor, como se fosse um promontório, assim como se fosse uma parte de seus amigos ou mesmo sua.”
Quando John Donne escreveu esse poema no século 17, ele ainda não podia imaginar que um dia construiríamos pontes capazes de aproximar nossas ilhas pessoais. Essa é uma arte que Stephanie e Fábio dominam com mestria: do amor que sentem um pelo outro, nasceram pontes que ligam o Guarujá à Formentera, Fernando de Noronha a Curaçao. Com um pouco de licença poética, construíram uma ponte que liga São Paulo ao além mar de Amsterdã.
E naquela tarde ensolarada, Ilhabela se tornou testemunha de que não há volume d’água capaz de se interpor ao que para eles já é verdade no coração: foi quando todas as pontes de tornaram aliança.

Segurem seus lencinhos para as palavras lindas do padrinho Caju que aparecem no vídeo. Até eu chorei ; )
Steph_Fabio0014-1024x683
Steph_Fabio0023-1024x681
Steph_Fabio0027-1024x681
Steph_Fabio0033
Steph_Fabio0040Steph_Fabio0057-1024x683
Steph_Fabio0118Steph_Fabio0091
Steph_Fabio0083
Steph_Fabio0085
Steph_Fabio0073-1024x683
Steph_Fabio0113-1024x683
Steph_Fabio0125-1024x683
Steph_Fabio0143Steph_Fabio0140Steph_Fabio0148-1024x683
Steph_Fabio0058

Fornecedores:

Comentários via Facebook