jay and pri

11870839_156361581365544_1829185131982166506_n
A Pri é brasileira, evangélica, fã incondicional da Taylor Swift e romântica incorrigível. O Jay é britânico por nascimento, indiano por herança familiar e hinduísta por fé e coração. O amor entre eles foi o encontro de dois mundos, uma história que começou à moda de Romeo i Giulietta mas que teve seu final feliz.

Embora tenhamos utilizado elementos culturais tanto do casamento indiano (o Jay pediu que eu usasse um sári, o que me deixou muito honrada) quanto do casamento ocidental (alianças e vestido branco, por exemplo), o texto da cerimônia precisava ser neutro para que pudéssemos agradar às duas famílias, ambas muito devotadas a suas religiões. Celebrei em dois idiomas, alternando português e inglês, para que os convidados de ambos os lados compreendessem.

Como a própria Pri me pediu para que sua cerimônia refletisse que esse era seu sonho de conto de fadas, foi assim que começamos: era uma vez…

JDF_PJ-4
JDF-PJ-25,medium_large.1444317922
JDF-PJ-77,large.1444318101
JDF_PJ-22
Dentro desse potinho dourado com o formato do Deus Ganesha está o Sindoor, que é aquele pozinho vermelho que as mulheres indianas usam para marcar a testa em sinal de que são casadas.
JDF-PJ-93,large.1444318152Na Índia, também é costume o noivo presentear a noiva com uma joia durante a cerimônia: o Mangal Sutra. O Jay, além disso, ofereceu à Pri uma pulseira com três charms, sendo que cada um deles representa uma promessa que ele lhe fez no dia em que a pediu em namoro: 1) eu nunca vou te magoar; 2) eu sempre te tratarei como a uma princesa; 3) farei de tudo para transformar todos os seus sonhos em realidade.Untitled410
JDF_PJ-601
Esse colar de flores é o Jai Mala. É um símbolo utilizado na Índia para demonstrar que o casamento é por amor, e não arranjado. Ao trocar os Jai Malas, cada um dos noivos pronuncia em voz alta: “Let all the persons present here to know: we are accepting each other willingly, voluntarily and pleasantly. Our hearts are concordant and united like waters. / “Que todas as pessoas presentes aqui saibam: aceitamos um ao outro de boa vontade, voluntária e alegremente. Nossos corações estão acordados e unidos como águas.” Lindo!
JDF-PJ-71,medium_large.1444318075
Untitled59
JDF_PJ-82
JDF_PJ-83
… e viveram felizes para sempre.

Fornecedores:

Comentários via Facebook