bibi e leo

Durante a cerimônia, existe um elemento que é indispensável para que ela seja emocionante: quando os noivos colocam seus corações no momento presente, ele se torna mágico, porque todos ao redor sentem essa entrega e acabam se entregando junto. Com a Bibi e o Leo foi assim: à medida que os padrinhos se aproximavam para despejar suas areias no recipiente do altar, eu via sorrisos e lágrimas misturados – emoção funda, verdadeira.
Foi escrevendo essa cerimônia que aprendi: a amizade é a alegria de estar com o outro, mesmo quando não podemos aumentar a alegria, nem diminuir a tristeza. Amizade é o encontro de almas que promove o amor – e entre a Bibi e o Leo sempre houve uma estranha sensação de familiaridade, conversa fácil, vontade de contar segredos. Um amor cristalino, um verdadeiro encontro de almas.

GV_15GV_451GV_452GV_499GV_509GV_515GV_532GV_629GV_582GV_674GV_693GV_696GV_715GV_721GV_907GV_915

Fornecedores:

Comentários via Facebook